2020 |

INSIDE                     ENTRE

THE WALLS | 4 PAREDES

“INSIDE THE WALLS - A visual construction based on social isolation” is a project created by visual artist A.UM.A or apenasumalexandre as he usually signs.

 

Different artists, of the most varied strands, during the initial phase of isolation, were invited to explore through a digital photo, the social confinement seen through the windows and rooms of their houses, their internal questions and the challenge of facing a world in process of change.

 

From this photographic stimulus made by each one, the artist A.UM.A appropriates the confinement of the other and converts it into a unique work, a digital reflection on the current times.

 

The initial proposals of each artist gain a new guise and a modern reading through the attentive look of A.UM.A that uses digital elements, street art, binary codes, buses and defragments, programming languages and pixels for the connection of the digital link between the real and the virtual self.

 

The focus of A.UM.A's research is on the humanization of the digital and the digitization of the real. This fine line of the real and the virtual that is fragmented and merged at the same time.

Are we digital beings? Works in pixels? Human codes programmed into a MATRIX?

Flowers are another striking feature of the works of A.UM.A, who uses them over the eyes as a connection point for the soul in the digital universe.

“ENTRE 4 PAREDES – Uma construção visual a partir do isolamento social” é um projeto criado pelo artista visual A.UM.A, ou apenasumalexandre como ele costuma assinar.

 

Diferentes artistas, das mais variadas vertentes, durante a fase inicial do isolamento, foram convidados a explorar, através de uma foto digital, o confinamento social visto pelas janelas e cômodos de suas casas, seus questionamentos internos e o desafio de encarar um mundo em processo de mudança.

 

A partir desse estímulo fotográfico feito por cada um, o artista A.UM.A se apropria do confinamento do outro e o converte numa obra única, numa reflexão digital sobre os tempos atuais.

 

As propostas iniciais de cada artista ganham uma nova roupagem e uma leitura moderna pelo olhar atento de A.UM.A que se mune dos elementos digitais, da street art, de códigos binários, barramentos e desfragmentações, linguagens de programação e pixels para a conexão do elo digital entre o eu real e o virtual.

 

O foco da pesquisa de A.UM.A está na humanização do digital e na digitalização do real. Essa linha tênue do real e do virtual que se fragmenta e se funde ao mesmo tempo.

 

Somos seres digitais? Obras em pixels? Códigos humanos programados dentro de uma MATRIX?

 

As flores são outro traço marcante das obras de A.UM.A, que as utiliza sobre os olhos como um ponto de conexão da alma no universo digital.

  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram